Contribuição das unidades de conservação municipais no sistema de proteção da biodiversidade em Minas Gerais

  • Deborah Costa Pinto
  • Luiz Paulo Pinto
  • Maria Auxiliadora Drumond
  • Cecília Fernandes Vilhena
Palavras-chave: áreas protegidas, gestão ambiental municipal, sistema nacional de unidades de conservação, conservação da biodiversidade

Resumo

Esse estudo tem como objetivo a avaliação da contribuição das unidades de conservação municipais no sistema de proteção da biodiversidade no estado de Minas Gerais. Considerando as três esferas político-administrativas, foram registradas 747 unidades de conservação no estado, totalizando cerca de 6 milhões de hectares protegidos. Dessas, 323 são unidades de conservação municipais com cerca de 2,5 milhões de hectares protegidos em 208 municípios. As unidades de conservação municipais representam, portanto, 43,2% do número de unidades e 42,9% da área total protegida em Minas Gerais. A avaliação do sistema de unidades de conservação de Minas Gerais mostra como os governos locais são um elo essencial para a proteção integrada do patrimônio natural do estado.

Palavras chave: áreas protegidas, gestão ambiental municipal, sistema nacional de unidades de conservação, conservação da biodiversidade

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-07-30